Este blog foi criado no dia 22 de Fevereiro de 2007, Dia Mundial do Pensamento. Obrigada pela tua visita e volta sempre para saberes o que andamos a fazer. Uma canhota bem apertada. 7a

.Projecto Saca-Rolhas

.pesquisar

 

.Dezembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.tags

. todas as tags

.links

.arquivos

. Dezembro 2012

. Setembro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.Contador

.posts recentes

. Lotaria Popular

. Cabraz

. Clean Up the world

. ...

. Cabaz

. FESTA DO HALLOWEEN

. VAMOS CRESCER!!!!

. JOTA-JOTI 2011

. Parabéns 7.ª Companhia de...

. Vamos Crescer!

.Super Blog Awards

Segunda-feira, 19 de Março de 2007

Projecto "Vamos Utopiar"

Apesar de não ser um projecto em que a 7a colabore directamente, pensamos que é muito importante divulgar os Projectos, nosquais a Associação se encontra envolvida.

O projecto

Vamos UtopiarPortugal tornou-se um destino de imigração nos últimos anos. Aqui convivem pessoas de diversas proveniências, portadoras de diferentes mundividências, de diversas características culturais, sociais e de poder. A diferença raramente tem sido assumida como riqueza e, de forma consistente, é transformada em desvantagem.

 

O projecto Vamos Utopiar pretende contribuir para a mudança desta situação, através do desenvolvimento de soluções capazes de prevenir e combater o racismo e a xenofobia e capazes de promover o reforço da participação de imigrantes e de grupos étnicos minoritários na sociedade de acolhimento em geral, e no mercado de trabalho, em particular.

 

O projecto é financiado pela Iniciativa Comunitária EQUAL, enquadrado na prioridade empregabilidade e na área de intervenção prevenção de discriminações raciais e étnicas.

Os parceiros
 
ACIMEO Alto Comissariado para a Imigração e Minorias Étnicas (ACIME) é uma estrutura interdepartamental do Governo para apoio e consulta sobre assuntos relacionados com a imigração. Um dos eixos fundamentais da sua acção é a mobilização e o reforço da capacidade de intervenção das associações de imigrantes.
 
AGPA Associação Guias de Portugal (AGP) é uma associação de educação não formal, que tem como objectivo a formação integral das raparigas e jovens mulheres a partir dos 6 anos, pelo método de Baden-Powell. Pertence à Associação Mundial das Guias e  desenvolve um trabalho contínuo na formação para a cidadania, valorizando a responsabilização pessoal, a troca de experiências e o contacto próximo com as comunidades.
 
AMRTA Associação de Melhoramentos e Recreativo do Talude (AMRT) nasceu de uma comissão de moradores do Bairro do Talude Militar, com o objectivo de melhorar as condições de vida dos seus habitantes. Actualmente ocupa-se da promoção de oportunidades de desenvolvimento pessoal e colectivo de imigrantes,  crianças, jovens e adultos da Freguesia de Unhos (Concelho de Loures).
 
GRAALO Graal é um movimento transnacional de mulheres de inspiração cristã, que tem como missão promover uma cultura de cuidado, tendo em vista o futuro do planeta e a qualidade de vida da humanidade. Procura desenvolver novos modelos de vida em sociedade e estimular a participação cívica.
Luso TempA Luso Temp é uma empresa de trabalho temporário cujo objectivo é promover o emprego e formação profissional, com especial incidência na área da Construção Civil. Conta actualmente com mais de 2000 colaboradores, dos quais a maior parte são imigrantes. Cultiva relações de proximidade e confiança, promovendo o apoio e orientação do imigrante.
 

As actividades

ACTIVIDADE 1: Ciclo de tertúlias e site de Associações de Imigrantes
 
Esta actividade consiste em proporcionar espaços de reflexão e debate, quer reais (ciclo de tertúlias) e virtuais (através de um site), dinamizados por dirigentes associativos em torno de problemas partilhados.
Com esta actividade pretende-se reforçar a visibilidade das associações de imigrantes, a sua a capacidade de intervenção e a prática de trabalho em rede.  Procura-se contribuir, desta forma, para minimizar a dispersão e desconhecimento recíproco das associações,  promovendo a cooperação e a união entre estas na resolução de problemas partilhados e na defesa de interesses comuns.
ACTIVIDADE 2 - Acções de conscientização e implementação de medidas transformadoras
 
As acções de conscientização são encontros de grupos constituídos por jovens e adultos, mulheres e homens, pertencentes a diferentes grupos étnicos minoritários.
Nestes encontros pretende-se criar condições que facilitem a reflexão crítica sobre as situações de discriminação de que estes grupos são vítimas na sociedade maioritária, em particular no mercado de emprego, quer individualmente, quer enquanto grupo. Ao mesmo tempo, estimula-se o reconhecimento das possibilidades de mudança, bem como a concepção de medidas transformadoras e comprometimento com acções capazes de as concretizar.
ACTIVIDADE 3 - Fórum da Interculturalidade
 
Éum evento aberto à sociedade civil, no qual participam os diferentes grupos e organizações envolvidos no Projecto, assim como os meios de comunicação social locais e nacionais, e actores-chave ligados ao poder político.
Pretende-se que os grupos e organizações envolvidos no Projecto apresentem, discutam e divulguem as suas experiências, perspectivas e propostas de medidas concretas no sentido de introduzirem mudanças na condição dos imigrantes e grupos étnicos minoritários.
ACTIVIDADE 4 - Interacção de raparigas/pais da AGP com raparigas/pais do Bairro do Talude
                         
Esta actividade abrange, por um lado, momentos de formação para a diversidade e, por outro, actividades de interacção entre as raparigas da AGP e crianças e jovens do Bairro do Talude, envolvendo igualmente os seus pais no processo.
Pretende-se capacitar as/os participantes para o diálogo intercultural e facilitar a inclusão, numa base igualitária, de raparigas do Bairro do Talude no movimento guidista.
Bem, quanto a nós só desejamos tudo de bom aos novos elementos guidistas da 4.ª Companhia do Bairro do Talude.

publicado por RitaGomes às 14:15
link do post | comentar | favorito
|
blogs SAPO

.subscrever feeds